Um comentário sobre “DESCARTES: tentando desmistificar esta grande filósofo

  1. Buenas. Acho interessante a sìntese que fizeste, muito bem colocada, no entanto tu te detens mais na res extensa que na res cogitans, e se aquela é imanente, desta nao estou certo que poderìamos dizer a mesma coisa. A mim parece que é preciso estabelecer, também, uma diferença fundamental entre imanente e inato. Como tu vês isso no que diz respeito à res cogitans?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s